quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Usam a lei contra nós? Usemos contra ela!

Continuando o artigo sobre as leis, vou passar agora para as leis que nós podemos usar contra ela.
Cabe portanto uma pergunta, ela pagou as impressões dos documentos com o próprio dinheiro?
Se assim não for ela deveria ler esse artigo da lei que ela se utiliza:

"Artigo 241 - São deveres do funcionário:
......
IX - zelar pela economia do material do Estado e pela conservação do que for confiado à sua guarda ou utilização;

Artigo 242 - Ao funcionário é proibido:
.....
VIII - empregar material do serviço público em serviço particular."

Quanto ao inciso IX do Art. 241, estão inclusos aí as paredes pichadas, que até o momento os pichadores não foram punidos e nem a pichação apagada...

Portanto ela que pague por tudo isso!

"Artigo 245 - O funcionário é responsável por todos os prejuízos que, nessa qualidade, causar à Fazenda Estadual, por dolo ou culpa, devidamente apurados"

Ela que pague as folhinhas entregues aos alunos hoje, não o contribuinte!
E que pague também, os chazinhos e as bolachinhas entregues aos pais no dia da Reunião do 2° bimestre!
O povo não é obrigado a sustentar chantagens dos funcionários públicos para serem vistos como bonzinhos.

Vamos derrotar ela na batalha das idéias! Pois essa é a mais difícil e a mais importante batalha!

E amanhã é dia de derrotar ela nas ruas!
Vamos todos ao protesto de amanhã!

FORA FEITOSA!

Um comentário:

Piroska disse...

Como será que com tantas pessoas inteligentes ela ainda consiga manipular cabeças para prejudicar a comunidade do Vieira? Que poder será este?
Só que não vamos desistir, temos que continuar para que a justiça volte a existir em nossa escola. Queremos o aluno em sala de aula, não passando um dia inteiro com reuniãozinha para convencer os incautos de que ela está certa. Depois diz que é o professor que não quer dar aula, preparando movimentos contra ela. Por uns minutos deixa-se aluno sem acesso à escola, mas depois ele passa várias aulas no pátio sem nenhum controle de sua presença em sala de aula. Até quando?
Contamos com todos amanhã.